Quem sou eu

Minha foto
Porque somos feito as estações, sempre mudando...

terça-feira, 27 de abril de 2021

DO OUTRO LADO

 Do outro lado

Há um rasgo no peito

Uma fissura do tempo no dia

Um abismo no fim do caminho


Há o medo da vida 

Um segredo guardado

Uma verdade calada

Uma mentira vivida


Há alguém que sangra

Ser fragmentado 

Dor, medo, solidão

Morte!


Do outro lado 

Há um remendo no peito

A cura do tempo onde antes era o vazio

Um mar no fim do caminho


Há a coragem em dar um mergulho

A alegria pela vida

Um amor compartilhado

Uma verdade vivida


Há alguém que sonha

Ser integral

Cura, amor, perdão

Renascimento!


Dentro há um caminho

Ser cíclico, espiralado

Aprendizado, metamorfose

Vida - morte - vida!


                                      (Foto de Angela A.)                




36 comentários:

  1. Que belo poema, do outro lado pode haver duas opções: uma absoluta desistência ou o ressurgimento, uma retomada triunfante, pois a vida pode continuar bela.
    Uma feliz semana, Sonia,
    beijinhos.

    ResponderExcluir
  2. Poema SUBLIME. Li e reli. Assim se escreve sedutora poesia. Gostei demais.
    .
    Cumprimentos poéticos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  3. Intensa, profunda e linda poesia...Tanta verdade! Linda foto! beijos, ótimo dia! chica

    ResponderExcluir
  4. Oi, querida Sônia!

    Acho que todo o ser humano e a vida têm sempre dois lados, mas no momento que vivemos, falo da Pandemia, se pensa mais no negativo, na morte, no fim.
    De qualquer jeito, tempos de ser e pensar positivamente, pke há sempre dois lados, como tu escreveste. E quem sabe se repentinamente o lado mau é devorado pelo lado bom?

    Como sempre, amo ler o k escreves com tanto lirismo e coração.

    Beijos e dias com saúde.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite serena, querida amiga Sônia!

    Há alguém que sonha

    Ser integral

    Cura, amor, perdão

    Renascimento!


    Eu creio na vida-morte-vida... Tudo é cíclico, vamos pelos caminhos da vida enquanto por aqui e depois...
    Tenha dias abençoados!
    Beijinhos carinhosos e fraternos

    ResponderExcluir
  6. Sentido, profundo e belo poema.
    Ao longo do nosso caminho, que sejam poucos os lados sofridos e que a vida possa ser vivida com alegria e amor.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Desde que nascemos vivemos essa realidade.
    Um belo poema.
    Abraço e saúde

    ResponderExcluir
  8. Ah quanta sensibilidade, tão profundo e tocante poema. Do outro lado...sempre tem o outro lado. Depende das nossas escolhas como será. Amei, amei, amei. E a foto está perfeita. Amo seu blog minha querida amiga. Amo nossa amizade que sempre me faz perceber o outro lado.

    ResponderExcluir
  9. Um belíssimo poema que me encantou, Sônia
    Um carinhoso abraço
    Verena.

    ResponderExcluir
  10. Lindo poema, adorei, Sonia e a imagem é realmente maravilhosa, inspiradora!
    A vida é cíclica, com certeza, enquanto houver vida haverá possibilidades de tudo se modificar, para pior ou melhor, temos que estar preparados ou dispostos.
    Abração!

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde, minha querida Sônia!
    Encantada com o seu inspirado poema!
    Tudo é cíclico!
    Basta viver!
    Beijinhos recheados de muita luz!
    Megy Maia🌺😊🌺

    ResponderExcluir
  12. Pelo caminho que a vida nos dá para percorrer, Sonia, há de tudo um pouco e, por mais que saibamos que a morte é a única certeza a vida nos dá, temos medo dela . Começamos a ver os nossos queridos a partirem, tantos amigos e conhecidos a chegarem ao fim do caminho é inevitável que não pensemos que pode estar próxima a nossa vez. Enquanto isso, vamos agradecendo cada amanhecer e pedindo à vida que nos traga a morte, com leveza, sem sofrimento. Há muito que não conversava contigo, querida Amiga! Esta pandemia tem consumido o mundo, interrompendo a caminhada de tanta gente, tirando o trabalho a tantos e trazendo a fome para lares onde antes, pelo menos, havia pão. Muito, muito triste amiga! O ânimo começa a faltar ao vermos tanta miséria à nossa volta, mas, temos de seguir em frente não perdendo a esperança de que tudo volte à normalidade, pelo menos para aqueles que tanto têm sofrido. Gostei muito deste teu poema, querida Amiga! Um beijinho e votos de que todos aí estejam bem de saúde
    Emilia 🙏 🌻 ♥️

    ResponderExcluir
  13. Boa noite, Sônia, vim conhecer seu blog através da Taís.
    Gostei muito do seu belo poema, 'Do outro lado', que aborda um excelente tema, um canto de verdades. Parabéns.
    Um bom final de semana.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  14. que linda, que forte, que emocionante poesia, bravo!!! beijos

    https://mulheresquecorremcomsapos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Olá Sônia,
    Apesar de triste, fiquei deliciada com tão belo poema. As suas palavras tão verdadeiras, tão reais!
    Brilhante, amei!
    Desejo que passe um fim-de-semana muito feliz.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  16. Boa noite Sônia! A existência nos apresenta muitas situações de aprendizagem...provas, alegrias, tristezas, alívio, dor, num dia estamos leves, no outro a vida está cheia de sombras. E é assim mesmo, somos apertados onde mais precisamos aprender. Muito profundo e belo o teu poema!
    Que bom que gostaste do meu texto, escrevi há certo tempo mas estava insegura em publicar, Mas precisamos de leveza e humor nos dias em que vivemos...um abraço, e bom final de semana!

    ResponderExcluir
  17. Do outro lado "há um pássaro verde com asas de infinito"...
    Cheio de nostalgia o seu poema.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  18. Olá, Sônia, bom dia,

    Como bem observas, neste belo poema, uma existência comporta acontecimentos díspares. Enfrentamos o nascer e morrer de cada dia, tribulações e batalhas muitas vezes renhidas, dor desolação e confusão. Mas contém também amor, esperança, aprendizado, compartilhamento e triunfos grandes e pequenos.

    Beijo e boa semana

    ResponderExcluir
  19. Boa noite Sônia!
    Fiquei encantada com o poema. Brilhante!
    A imagem casou lindamente com o poema.
    Desejo uma linda semana de maio pra ti!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  20. Na eterna mudança uma bela sensibilidade Sonia que encanta os amantes da poesia.
    Belo trabalho amiga e que vamos por este caminho com determinação em cada estação.
    Carinhoso abraço e feliz semana.

    ResponderExcluir
  21. Olá, Sónia
    Lindíssimo poema que descreve, na perfeição o ciclo da vida.
    Adorei!
    A foto é muito linda - um passadiço que conduz ao mar, o mar dos meus encantos.

    Feliz Terça-feira e uma boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  22. Nesta vida, todos nós temos os nossos problemas, não há ninguém que seja feliz a cem por cento!! De qualquer maneira, eu desejo um bom mês de Maio para ti, gostei muito de ler este teu poema!! Muitos beijinhos!!

    ResponderExcluir
  23. Querida amiga, ando tão ausente dos blogs... sinto falta, mas não tenho tido muito ânimo ou tempo.

    Amo tudo que você escreve, pois vejo sua alma em cada palavra.
    Te confesso que foi difícil demais ler até o final. Tenho fobia da morte... Você sabe.

    Mas não deixei de ver a beleza em suas palavras!

    Beijos, Deus cuide de ti 🌹🌷

    ResponderExcluir
  24. Oi Sônia, bom dia!
    Eu notei que ainda não seguia teu blog, mas hoje já acertei essa falha kk
    Parabéns pelo lindo poema!
    Estou passando p/desejar um feliz DIA DAS MÃES p/você e já aproveitando também p/desejar uma semana de paz e alegrias.
    Bjssssss

    ResponderExcluir
  25. Gosto muito da tua sensibilidade para fazer imagens, parar criar momentos e certifica-los, mas eu penso, que quando tu poetiza, como uma poetisa, tu é única.
    Beijo alegre no teu coração e desejo de uma feliz semana.

    ResponderExcluir
  26. OI Sônia, que belíssimo poema. Lindo, sentido, rasgado, dá para sentir a carga da travessia, a alegria de chegar do outro lado.
    beijos
    Chris


    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderExcluir
  27. Boa tarde, Sonia!
    Vim retribuir sua delicada presença em meu blog e encontro esta beleza de poesia. Sou caçadora de poetas e foi um prazer imenso ler e comentar aqui agora.
    Essa travessia de todos nós, é assim mesmo, cheia de percalços, suspiros, alegrias, perdas, mas sempre com esperança de continuar a vida, não se entregar, viver e amar.
    Voltarei mais vezes e espero contar também com sua presença lá no meu cantinho.
    um beijinho com carinho

    ResponderExcluir
  28. Passei para saber como está e deixar um beijinho.

    ResponderExcluir
  29. Do outro lado... há uma incerteza... que não controlamos... mas será nessa expectativa incerta... que a magia da vida acontece...
    Um poema belíssimo e sentido, que adorei ler! Magnífica partilha, Sônia!
    Um beijinho! Votos de uma feliz semana, estimando que tudo esteja bem, aí desse lado!...
    Ana

    ResponderExcluir
  30. Tão nostálgico e tão belo.
    Gostei muito.
    Brisas doces para esse lado *

    ResponderExcluir
  31. Poema perfeito, divino e encantador!
    Abraços fraternos!

    ResponderExcluir
  32. Bom.dia de serenidade, querida amiga Sônia!
    Hoje venho para lhe ofertar flores.
    Está aqui:
    https://flordocampo3.blogspot.com/2021/05/dos-cheiros-perfumados.html
    Tenha uma nova semana abençoada!
    Beijinhos carinhosos e fraternos

    ResponderExcluir
  33. Olá Sônia
    Lindo poema, bjs querida.

    ResponderExcluir