Quem sou eu

Minha foto
O grupo Mulheres 4 Estações,nasceu do encontro de ideias de 3 mulheres, ao perceberem em si o quanto é prazeroso e enriquecedor a troca de vivencias, já que tantas vezes nos reconhecemos no pensamento e sentimento alheio. Então veio o desejo de compartilhar essa experiencia com outras mulheres..... e assim como a natureza se reveste das estações para se revelar aos nossos olhos,nós nos revestimos do falar e ouvir, para nos revelar a nós mesmas.........

segunda-feira, 16 de abril de 2018

"Amo a vida. Fascina-me o mistério de existir.
Quero viver a magia de cada instante, embriagar-me de alegria.
Que importa a nuvem no horizonte, chuva de amanhã?
Hoje o sol inunda o meu dia."
(Helena Kolody)

           (imagem arquivo pessoal)
                            
Eu me casei muito jovem, aos 19 anos. Casamento que resultou em dois filhos e vinte quatro anos de união. 
Depois veio a separação e por mais amigável que tenha sido, deixou seu rastro de mágoa, tristeza e tantas emoções conflitantes. 
Não é fácil lidar com o fim de um relacionamento, mas também não dava para sentar e chorar, eu precisava pensar como ia ser dali em diante. 
A primeira providência foi arrumar um trabalho que me permitisse ter tempo para ficar com meu filho, que na época tinha dez anos e sentia muita falta da presença do pai. 
Foi preciso guardar o que eu sentia, colocar um sorriso no rosto e seguir em frente, mas confesso - as noites eram bem difíceis - meu travesseiro sabe quantas insônias tive pensando no amanhã. 
Mas o tempo passou, a dor e o medo perderam força e deram lugar a outros desejos e projetos. Um deles, o grupo "mulheres 4 estações", que foi um divisor de águas na minha vida.
Com as reuniões mensais voltei a me enxergar como mulher, resgatei minha auto estima e percebi que era o momento de fazer algo por mim, foi assim que voltei a estudar e fui fazer faculdade de pedagogia. 
Esse era um sonho antigo e achei que merecia realizar. 
Agora, estou no último ano, rodeada de trabalhos, estágio e primeira fase para entrega do projeto do TCC. Procurando conciliar com o trabalho, família, casa e outras coisas. 
É por esse motivo que tenho me demorado nas postagens e nas visitas aos espaços amigos. 
Por isso peço às amigas que tem vindo me visitar que não desistam de mim, eu volto logo.

Um ótimo mês à todas!


7 comentários:

  1. Linda foto, lindas palavras e gostei de saber mais de ti! Tão bom dar a volta por cima, superar perdas,separações e seguir a vida..Parabéns.Boa sorte nos estudos e trabalho! bjs. chica

    ResponderExcluir
  2. Temos que aprender a " saborear " o cafezinho pela manhã, sem pressa e sem pressa olhar a janela e apreciar o sol que por ela entra ou até mesmo os pingo da chuva que por ela escorrem; são momentos do nosso dia, do aqui e agora, deste instante que pode ser o último. Foi bom vir aqui e ler estas palavras de grande sabedoria que aqui nos deixas; não tenho uma bida muito ocupada, mas tenho a derteza que ainda não aprendi a " saborear cada instante do meu dia; tenho feito alguns progressos, mas...há ainda muito para aprender. Fiquei contente que tenhas conseguido superar o sofrimento de uma separação e que tenhas também tido forças para realizares o teu sonho. Parabéns por isso e obrigada por teres aberto o teu coração aos amigos; de certeza que todos esperarão po ti o tempo que for necessário. Beijinhos e que tudo continue a correr bem para todos os que amas
    Emilia

    ResponderExcluir
  3. Gostei da foto e da citação.
    Obrigada por ter partilhado connosco parte de sua vida seus seus, seus projectos.
    É preciso e necessário que se sinta bem, se sinta realizada e se ame a si própria. O resto não importa. Fazer um post bimensal em vez de mensal, visitar os outros blogues mensal ou semanal, não tem tanta importância assim. O que importa, é que esteja bem. E que apareça, quando puder e isso lhe seja agradável.
    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Um poema belíssimo de Helena
    Kolody, harmonia com a foto
    deslumbrante. O seu texto sublime
    no confessional nesta partilha
    comovente, querida Sônia.
    Compreendo nesta questão tempo
    disponível, acontece comigo.
    Vamos sempre conciliando e não
    perdendo o voo da partilha
    tão precioso...
    Parabéns pelos projetos,
    vitorias e felicidades sempre
    no seu caminho.
    Um feliz final de semana!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  5. Uma mulher corajosa, Amiga. Ainda bem que conseguiu superar todas as mágoas e se realizou. Parabéns pelo texto.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. parabens pois a vida nem sempre é facil gostei mt deste post bjs força

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde amiga!
    Só posso desejar muito sucesso em suas realizações, coroando a virada de página corajosa e sensível. Já disse Emmanuel que "o tempo destroi tudo o que ele não ajudou a construir"; eu já percebi isso, pois é um engano nosso achar que as coisas realmente boas para nós vêm num instante. O que tem valor é construído tijolo a tijolo, todos os dias, e não há porque não nos alegrarmos com esse trabalho enquanto o fazemos, ao invés de nos queixar do cansaço e demora.
    Um grande abraço!
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir