Quem sou eu

Minha foto
O grupo Mulheres 4 Estações,nasceu do encontro de ideias de 3 mulheres, ao perceberem em si o quanto é prazeroso e enriquecedor a troca de vivencias, já que tantas vezes nos reconhecemos no pensamento e sentimento alheio. Então veio o desejo de compartilhar essa experiencia com outras mulheres..... e assim como a natureza se reveste das estações para se revelar aos nossos olhos,nós nos revestimos do falar e ouvir, para nos revelar a nós mesmas.........

domingo, 19 de março de 2017

UMA GARÇA NOS MEUS OLHOS

Ficamos num balé, dois passos meus de puro silêncio e um passo dela de graciosidade aérea. Numa proximidade de encantos os meus olhos fotografavam seus movimentos, sua plumagem, sua delicadeza trilhada numa liberdade partilhada comigo.

O solo, o arrecifes, com ondas finas e delicadas a nos tocar...

A música do mar nos isolava numa sintonia misteriosa e sagrada, que me dava à certeza, que estes momentos mágicos imprimem a poesia por dentro, a consagrar o milagre do encontro.

Foi quando disse mentalmente para ela, que não iria abusar deste tempo mágico concedido; pedi-lhe para quando voasse, me levasse junto. Ela entendeu o meu pedido, compreendendo os limites de quem não tem asas.

Distante, olhei para trás: encontro de olhares, e, ela voou e eu fechei os olhos. O meu pedido foi realizado.

Caminhei com uma garça nos meus olhos no decorrer dos dias...
(Suzete Brainer)


Quando li o poema da Suzete, do blog " o piano que toca poesia" além de me identificar com a leitura, lembrei de uma foto que recebi da minha amiga, Andrea. O poema me fez voar, trouxe lembranças de uma amizade muito querida e verdadeira, por isso quis juntar os dois aqui, palavras e imagem.


          (foto de Andrea Giovanna)

21 comentários:

  1. Também adorei esse poema lá na Suzete, que escreve maravilhas! Lindo aqui! bjs às duas,chica

    ResponderExcluir
  2. O poema é lindo, a musica muito bem escolhida e a foto completa, um post de eleição.
    Parabéns.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderExcluir
  3. É um belo poema e imagem está fantástica!!!bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E veja se gosta:
      http://asarteiricesdagracinha.blogspot.pt/2017/03/duas-carteiras-numa-so.html

      bj

      Excluir
  4. Também li e gostei imenso deste poema da Suzete. A imagem vai mesmo bem com o poema.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. A imagem casou muito bem com o poema. Gostei muito do poema. Ainda não conheço a autora vai vou passar pra conhecer o blog.
    Uma boa semana Sônia!
    Um abração!

    ResponderExcluir
  6. Poema de grande beleza e leveza...uma alma que busca a grandiosidade que ainda não alcançou, através da singeleza da natureza da ave...
    Tenha uma semana muito feliz!
    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  7. Bom dia, Sônia!

    Estou com blog em pausa devido a
    compromissos profissionais, porém
    voe para seu espaço para agradecer
    o seu apreço ao meu texto poético;
    ficou também aqui, acompanhado desta
    garça belíssima (irmã da que eu encontrei na praia...rss), foto
    belíssima da sua amiga!
    Meus votos de uma semana de paz e
    leveza para você, querida.
    Beijos para você e para
    todas (amigas) daqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suzete,
      É um prazer poder compartilhar aqui sua escrita.
      Beijos

      Excluir
  8. Garça. a delicadeza dos gestos e a nobreza do porte. Belo o texto e imagem!
    beijinho

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde o poema é belo, a garça sabe usar a delicadeza dos movimentos, a poeta que escreveu o poema, sabe usar a leveza das palavras.
    AG

    ResponderExcluir
  10. Que lindas palavras e a imagem liga muito bem com o texto.
    Obrigada por esta partilha tão bonita, beijinhos :*

    ResponderExcluir
  11. Imagem e poema que se encaixaram delicadamente...
    Um beijo

    ResponderExcluir
  12. Olá Sônia,

    A querida amiga Suzete encanta com suas poesias, repletas de beleza e de sensibilidade. Lindíssimo o texto poético, que ainda lhe trouxe lembranças de uma amiga querida. A foto é linda.

    Bela partilha!

    Ótimos dias!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  13. Sônia ,
    Nossa poeta Suzete sempre a nos presentear .
    Adorei sua publicação como um todo .
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. A imagem que você ilustrou o poema da amiga combinou perfeitamente.
    Bjs e bfs

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. OI SÔNIA!
    O POEMA DA AMIGA SUZETE FICOU VALORIZADO PELA IMAGEM QUE A ELE ASSOCIASTE.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Grata por sua visita por lá, Sônia!
    Desejo-lhe um abençoado final de semana!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  17. Maravilhosa combinação das palavras cativantes, plenas de sensibilidade e encanto da Suzete, com a belíssima imagem!...
    Um pássaro que me é muito familiar... pois costuma aparecer por esta altura da Primavera, por aqui nos terrenos campestres, aqui nas traseiras da minha casa...
    Andei um pouco mais ausente, nestas últimas semanas... uma série de exames e consultas de rotina, da minha mãe, a várias especialidades, bem como outros assuntos de vária ordem, ocuparam bastante do meu tempo, ultimamente...
    Adorei o post, Sônia!
    Beijinho
    Ana

    ResponderExcluir
  18. Amiga querida, que poema lindo, recebi seu carinho através dessa postagem. Adoro fotografar a vida nas minhas caminhadas e adoro quando alguma fotografia completa um cenário amoroso como esse. Nossa amizade é eterna ❤️ Andrea Giovanna

    ResponderExcluir