Quem sou eu

Minha foto
O grupo Mulheres 4 Estações,nasceu do encontro de ideias de 3 mulheres, ao perceberem em si o quanto é prazeroso e enriquecedor a troca de vivencias, já que tantas vezes nos reconhecemos no pensamento e sentimento alheio. Então veio o desejo de compartilhar essa experiencia com outras mulheres..... e assim como a natureza se reveste das estações para se revelar aos nossos olhos,nós nos revestimos do falar e ouvir, para nos revelar a nós mesmas.........

sábado, 7 de janeiro de 2017

PALAVRAS

Por duas vezes sentei para escrever a primeira postagem do ano, várias ideias e ainda assim não conseguia formar frase alguma.
Uma ausência de palavras.
Algumas passearam por minha mente - solitárias - dispersas entre lembranças e sentimentos.
Constato mais uma vez que faço um plano e a vida traça outro, leva o que imaginei e traz o que de fato preciso, mesmo que eu não perceba isso de imediato. 
Sentia na alma uma certa inquietude, como quando se sente no ar uma sutil diferença antes da tempestade cair.
Eu sabia, alguma mudança estava a caminho.
Quando chegou não alterou minha rotina, mas se fez um silêncio aqui dentro do peito.
Veio a necessidade de um tempo para entender alguns vazios, despir o cansaço interno, compreender as escolhas alheias.
E agora, enquanto rabisco uma folha de caderno envolta em reflexões, ouço um murmurinho, são as palavras que acordam.
Ainda sonolentas escorregam e descansam sobre o papel.

(Sônia A.)


                                          (imagem google)

19 comentários:

  1. Que lindo despertar das palavras! Lindo domingo! bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
  2. Encarar as mudanças com serenidade, e sem revolta, não é para qualquer uma. Parabéns.
    Um abraço e bom domingo.

    ResponderExcluir
  3. Por vezes, precisamos de algum tempo para nos reorganizarmos por dentro... e fazer um balanço entre o que foi realizado, e o que ainda nos falte conquistar... e como determinadas circunstâncias vieram alterar aquilo que estaríamos idealizando...
    Mas a vida tem mesmo os seus próprios planos para nós... nem todos podemos questionar... e há que destrinçar aqueles que apenas devemos aceitar...
    Pelo que, um tempo para processar tudo isso, é sempre indispensável...
    Finalmente hoje com um pouquinho mais de tempo, acrescentei novamente o seu blogue na minha lista de blogues favoritos, Sônia... que desapareceu de repente no Verão... e que ando a reconstruir aos pouquinhos... ainda me falta acrescentar uma série de blogues... felizmente tinha uma lista em papel... senão tinha sido ainda maior o caos, para descobrir de volta todo o mundo...
    Deixando um beijinho, e os meus votos de um feliz 2017, para si e todos os seus, Sônia, e que este novo ano, lhe traga tudo o mais desejar...
    Como muito bem diz a Chica... adorei este doce despertar das palavras, por aqui...
    Beijinhos! Tudo de bom! Feliz 2017!
    Ana

    ResponderExcluir
  4. Sonia , parece que todos nós no começo de um novo ano nos questionamos sobre como seguir .
    Suas palavras já foram despertadas , é um ótimo sinal , não ?
    Que , 2017 nos traga saúde ,paz , esperança e muito amor .
    Que , nosso sentir esteja conectado plenamente com a vida nosso dom maior .
    Beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  5. São assim as palavras, arredias quando mais delas precisamos... Mas depois voltam e tornam-se cúmplices de quem as escreve...
    Gostei muito do texto.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Que delicada essa primeira postagem do ano!
    Que não lhe falte inspiração e boas palavras.
    Um lindo ano para você!

    ResponderExcluir
  7. OI SONIA!
    LINDO ISSO, É COMO SE DESNUDASSES TUA ALMA E DIVIDISSES ESSE MOMENTO CONOSCO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. A vida é como um livro de páginas vazias de palavras e temos de encontrar as melhores, as mais adequadas para preencher a folha que temos à nossa frente a cada amanhecer; nem sempre as temos e precisamos de parar um pouco, interromper a nossa correria para as irmos buscar ao fundo do nosso eu e , com calma, sem pressas enchermos a página de belas palavras. O tempo nem sempre é nosso aliado e vai passando sem contemplações, com os seus segundos, minutos e horas, não se preocupando se o achamos curto ou longo; está ao nosso dispor com as vinte e quatro horas que oferece e compete a cada um fazer o que quiser com ele. Não sabemos quando escreveremos a ultima página e por isso convém que aproveitemos bem cada uma delas, escolhendo as palavras mais bonitas que formos capazes de encontrar dentro de nós. Amiga, que tenhas saúde, alegria e paz em cada dia que o tempo te der e o melhor que te posso desejar. Um beijinho e muito obrigada pelo tanto de carinho que de ti tenho recebido
    Emilia

    ResponderExcluir
  9. Sinto-me assim muitas vezes.

    Olá, sou a Olivia, nova por estas bandas. Gostei do blogue! **

    ResponderExcluir
  10. Olá Sonia!
    São estes os momentos mais preciosos, aonde o silêncio tem lugar de destaque. É preciso silenciar, para que o véu caia e o necessário venha a tona.
    O cansaço é um véu denso e nublado, podendo até irritar.
    Respiremos, desaceleremos!
    Um postagem com poucas palavras, mas de uma profundidade imensa e rica.
    Um 2017 amplo de saúde e alegrias, querida Sonia.
    Muitos beijinhos e um até breve ...

    ResponderExcluir
  11. Que todas as mudanças sejam para aprendizagem e melhoramentos.
    Bom fim de semana
    * :)

    ResponderExcluir
  12. Belíssimo, Sônia!

    A poesia no toque das tuas mãos a
    conduzir as palavras para um rio de
    sentires e espaços de respiração nova...
    Um domingo neste rio das palavras
    luminosas a guiar teus passos.
    Um beijo e abraço de paz!

    ResponderExcluir
  13. Como é bom "afrouxar" o tempo, deixar fluir, tomar forma e florescer!Assim são as palavras do nosso coração; quando prontas, ganham vida!
    Amei ler aqui!
    Felicidades, muitas felicidades para você!
    Beijo carinhoso!

    ResponderExcluir
  14. Olá Sônia,

    Assim são as palavras, que não fluem espontaneamente quando as procuramos, mas que jorram repentinamente, quando
    menos esperamos. São as brincadeiras da inspiração.
    Lindo o texto, ditado pela alma.
    Sim, nem sempre o que buscamos ou desejamos nos convém e o Pai, misericordioso que é, coloca em nossos caminhos o que efetivamente precisamos para o nosso crescimento.
    Que as mudanças sejam sempre para melhor e que saibamos nos adaptar a elas!
    Feliz semana!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  15. Mesmo na ausência de palavras, vejo uma imensidão.
    é lindo quando não planejamos, quando deixamos fluir.
    Lindas palavras e inspiradoras.

    ResponderExcluir
  16. Olá Sônia
    Palavras ainda sonolentas caíram com singularidade no papel e esboçou uma belíssima reflexão. E isto nos acontece às vezes. Fazemos planos e eles são modificados sem a nossa permissão e costumam vir melhores do aqueles que delineamos. Inspiração é assim... deixar fluir e ... acontecer
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. A inspiração não recebe ordens e nem atende a compromissos. Ela é livre, leve e solta. Boa semana!

    ResponderExcluir
  18. Um texto que me fez pensar... Muito bonito. Essa falta de palavras as vezes acontece. A minha inspiração de volta e meia, tira férias.
    Boa semana!
    bom ano!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  19. Um etxto muito bonito, que nos faz pensar, refletir!
    Um beijinho grande

    ResponderExcluir