Quem sou eu

Minha foto
O grupo Mulheres 4 Estações,nasceu do encontro de ideias de 3 mulheres, ao perceberem em si o quanto é prazeroso e enriquecedor a troca de vivencias, já que tantas vezes nos reconhecemos no pensamento e sentimento alheio. Então veio o desejo de compartilhar essa experiencia com outras mulheres..... e assim como a natureza se reveste das estações para se revelar aos nossos olhos,nós nos revestimos do falar e ouvir, para nos revelar a nós mesmas.........

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

TRATADO MANSO DE LOUCURA

Imagem Google
Como amo a paz de estar comigo!
Essa minha fusão de alma-umbigo, esse roteiro quente do meu sangue.
Eu que conheço cada palmo dos meus passos, que me componho e me descompasso, que me retenho e me disponho.
Faço dos versos meu avesso, dos adversos, meu passado, das alegrias, meu recomeço.
Deito liquefeita e de repente amanheço solidificada.
Sou água, sou pedra, às vezes nuvem, às vezes nada.
E por ser mutante e difusa, enrolo e desenrolo essa vida num movimento mágico e confuso.
Me certifico e me desacredito.
E admito ser ou não ser e ser assim.
Mas como é bom sentir-me tão querida,
tão bem-amada e tão dividida,
eu revolvida inteiramente por mim.
(Flora Figueiredo)

domingo, 29 de novembro de 2015

FELICIDADE

"A felicidade está onde o coração encontra repouso ".                
      ( Provérbio Navajo )








                                                                     

     








             

imagem google        

sábado, 21 de novembro de 2015

   NÃO É À TOA 

"Não é à toa que a palavra calma tem uma alma dentro dela.
Toda alma inteira precisa de uma paz verdadeira para permanecer tranquila. Não é à toa que a palavra coração tem uma oração dentro dela. 
Tudo que nos toca fundo deve ser respeitado como uma religião e sentido com fé, como uma reza pura. 
Não é à toa que o verbo amar tem um mar inteiro dentro dele. 
Somente na calmaria do coração, que nossa oração se agiganta na alma e nos leva e traz no trajeto horizonte-areia, renovando nossas crenças.
E se, por fim, entendermos que as coisas mais sagradas são as que trazem nossa natureza interior para perto, temos metade do caminho sonhado, fazemos de qualquer marquise em dia de chuva, um teto perfeito, quase um ninho.
E não é à toa que, quando a semente é boa, Deus ajuda a regar quietinho."

(Desconheço autoria)


(imagem extraída do Google)

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Às vezes o coração, rasgado pela dor, vira retalho. Recomenda-se, nestes casos, costurá-lo com uma agulha chamada recomeço. É o suficiente.
(Abner Santos)

                      DESEJO

Às vezes olho ao meu redor e me pergunto o que de fato me pertence.
Busco em minhas memórias indícios de que aqui já tenha sido o meu lugar.
Minhas retinas, embora cansadas, ainda vislumbram a beleza viva que me cerca, é  ela que me alimenta nas noites de tormentas, onde o frio das palavras ecoam em minha alma e ferem a minha sensibilidade.
Embora eu ame a terra que meus pés pisam e que eu ajudei a formar, sinto um desejo enorme de caminhar por outras estradas, menos íngremes, onde a caminhada não seja por demais fatigante  e meu coração possa repousar tranquilo.
Pois ele ainda é capaz de amar, ainda  pulsa esperança e sonhos em minhas veias ,o que me faz desejar , abrir minhas asas e voar.
Novas paragens, novo pouso.
Recomeçar.

( Sônia A. )
Para uma pessoa muito querida.


sexta-feira, 6 de novembro de 2015

"Mãos"


"Benditas sejam as mãos Que tecem os fios da vida...
 Mãos que oram e pedem;
 Mãos que oferecem guarida;
 Mãos que aproximam e mãos que agradecem;
 Mãos que a dor aliviam e mãos que curam feridas;
 Mãos que aplaudem e mãos que acariciam;
 Mãos que escrevem sábios dizeres e mãos que pintam poesia;
 Mãos que tocam as cordas sensíveis do coração;
 Mãos que trabalham e suam,
 Mãos que plantam o trigo,
 Mãos que fazem o pão...
 Benditas sejam, ó mãos, que regem a grande orquestra da Vida!”

( Alencar Medeiros )

Já observaram como um bebe se acalma no colo da mãe que lhe acaricia de forma amorosa?
Que um abraço é capaz de nos confortar quando estamos tristes,nos acalmar quando estamos irritados?
Ao sentir medo,se alguém segurar em nossas mãos nos sentimos mais seguros?
Somos seres dotados de energia e através das mãos podemos doar essa energia à outros.
Um toque,um abraço, uma massagem,aplicação de reiki...
Prestemos atenção em nossas mãos e tenhamos o cuidado de transmitir o melhor que há em nós.
Imagem Google