Quem sou eu

Minha foto
O grupo Mulheres 4 Estações,nasceu do encontro de ideias de 3 mulheres, ao perceberem em si o quanto é prazeroso e enriquecedor a troca de vivencias, já que tantas vezes nos reconhecemos no pensamento e sentimento alheio. Então veio o desejo de compartilhar essa experiencia com outras mulheres..... e assim como a natureza se reveste das estações para se revelar aos nossos olhos,nós nos revestimos do falar e ouvir, para nos revelar a nós mesmas.........

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

TRATADO MANSO DE LOUCURA

Imagem Google
Como amo a paz de estar comigo!
Essa minha fusão de alma-umbigo, esse roteiro quente do meu sangue.
Eu que conheço cada palmo dos meus passos, que me componho e me descompasso, que me retenho e me disponho.
Faço dos versos meu avesso, dos adversos, meu passado, das alegrias, meu recomeço.
Deito liquefeita e de repente amanheço solidificada.
Sou água, sou pedra, às vezes nuvem, às vezes nada.
E por ser mutante e difusa, enrolo e desenrolo essa vida num movimento mágico e confuso.
Me certifico e me desacredito.
E admito ser ou não ser e ser assim.
Mas como é bom sentir-me tão querida,
tão bem-amada e tão dividida,
eu revolvida inteiramente por mim.
(Flora Figueiredo)

8 comentários:

  1. Olá Sônia,

    O texto da Flora Figueiredo é bem bacana. Um tratado manso de loucura" bem interessante.
    Sem dúvida, a sensação de se estar resolvida por buscas próprias é mesmo gratificante.Estar em paz com a própria companhia é estar em estado de graça.

    Lindo!!!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Um belo tratado ao qual adiciono a minha assinatura...bj

    ResponderExcluir
  3. Um belo tratado ao qual adiciono a minha assinatura...bj

    ResponderExcluir
  4. Oi Sonia
    A vida é este movimento mágico e confuso que por vezes intenso de se sentir.
    beijinhos


    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. A vida é assim: divide-nos e junta-nos novamente...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderExcluir
  6. E sorri!
    Gosto deste estar por onde as "As 4 estações" gostam de navega. É uma sensação plena quando o coração se sente em paz com a mente.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  7. Todas essas tramas nos habitam e nem sempre conseguimos desenrolar o novelo da alma que caiu e formou nós (rss). Somos assim... sem loucura! Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Gostei do texto. Me pareceu a descrição de alguém pleno e em comunhão com a vida!

    ResponderExcluir