Quem sou eu

Minha foto
O grupo Mulheres 4 Estações,nasceu do encontro de ideias de 3 mulheres, ao perceberem em si o quanto é prazeroso e enriquecedor a troca de vivencias, já que tantas vezes nos reconhecemos no pensamento e sentimento alheio. Então veio o desejo de compartilhar essa experiencia com outras mulheres..... e assim como a natureza se reveste das estações para se revelar aos nossos olhos,nós nos revestimos do falar e ouvir, para nos revelar a nós mesmas.........

sexta-feira, 12 de junho de 2015

              OBSERVAR

Essa florzinha delicada nasceu sem que alguém a tivesse plantado. 
Minha irmã andando pelo quintal de sua casa a encontrou, um presente aos olhos.
É a natureza nos ensinando que na vida tem coisas que se fazem de forma natural.
Às vezes o que precisamos é respeitar o tempo para curar algumas feridas, secar o pranto, aliviar a dor, restaurar a esperança.
Porque tem coisas que por mais que desejamos, fogem ao nosso controle e obedecem o ritmo interno de cada um. 
E ensina, que Deus sempre cuida de nós e  para nos dar alento, coloca flores em nosso caminho. 

Filhos, família, amigos, trabalho, amores... Quais são suas flores? 

(Sônia Adriano) 



6 comentários:

  1. Tão bom quando a natureza nos dá esses presentes! E saber apreciar, agradecer, faz bem! bjs, lindo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. A natureza sempre tem o que nos ensinar, nós é que muitas vezes estamos desatentos.
    Marcia

    ResponderExcluir
  3. Também tenho destas flores por cá.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Bom dia!!!

    São nos pequenos detalhes que encontramos as bênçãos de Deus.Muita linda sua reflexão.

    Que o seu dia seja mega feliz com as bênçãos de Deus.
    Bjs e obrigada pela sua amável visita.

    ResponderExcluir
  5. Temos corrido tanto ultimamente, que nem percebemos quantas flores ainda desabrocham em nossos jardins. Nossa desatenção faz com que percamos momentos de paz e felicidade tão importantes e necessários a todos nós.

    ResponderExcluir
  6. Adorei o texto como sempre.
    Cidinha

    ResponderExcluir