Quem sou eu

Minha foto
O grupo Mulheres 4 Estações,nasceu do encontro de ideias de 3 mulheres, ao perceberem em si o quanto é prazeroso e enriquecedor a troca de vivencias, já que tantas vezes nos reconhecemos no pensamento e sentimento alheio. Então veio o desejo de compartilhar essa experiencia com outras mulheres..... e assim como a natureza se reveste das estações para se revelar aos nossos olhos,nós nos revestimos do falar e ouvir, para nos revelar a nós mesmas.........

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014


O PRESENTE DE NATAL


Certa vez, um menino acordou em uma véspera de Natal, muito contente, pois uma data muito importante estava para chegar.
Era o dia do aniversário do menino Jesus, e é lógico, o dia em que o Papai Noel vinha visitá-lo todos os anos.
Esperava ansiosamente o cair da noite, para voltar a dormir e olhar o seu pé de meia que estava frente a porta, pois não tinha árvore de Natal.
Dormiu muito tarde, para ver se conseguia pegar aquele "velhinho", mas como o sono era maior do que sua vontade, dormiu profundamente.
Na manhã de Natal, observou que seu pé de meia não estava lá, e que não havia presente algum em toda a sua casa.
Seu pai desempregado, com os olhos cheios d’água, observava atentamente ao seu filho, e esperava tomar coragem para falar que o seu sonho não existia, e com muita dor no coração o chama:
- meu filho, venha cá!
- papai?
- pois não filho?"
- o papai Noel se esqueceu de mim ?
O pai abraça seu filho ...
- ele também esqueceu do senhor papai ?
- não meu filho... o melhor presente que eu poderia ter ganho na vida está em meus braços, e fique tranqüilo, pois eu sei que o papai Noel não esqueceu de você.
- mas ... todas as outras crianças vizinhas estão brincando com seus presentes... acho que ele pulou a nossa casa...
- Pulou não, meu filho ...
Os dois foram caminhando sem rumo, até chegar num parque e ali passearam, brincaram e se divertiram durante o resto do dia, voltando somente no começo da noite.
Chegando em casa, já muito cansado, o menino foi para o seu quarto, e escreveu um bilhete para o papai Noel:
"Querido Papai Noel,
Quero agradecer o presente que o senhor me deu. Desejo que todos os Natais que eu passe, faça com que meu pai esqueça de seus problemas, e que ele possa se distrair comigo, passando uma tarde maravilhosa como a de hoje.
Obrigado pela minha vida, pois descobri que não são os brinquedos que me fazem feliz, e sim, com o verdadeiro sentimento que está dentro de nós, que o senhor desperta nos Natais. Obrigado.
.. e foi dormir...
Entrando no quarto para dar boa-noite ao seu filho, o pai viu o bilhete, e a partir desse dia, não deixou que os seus problemas afetassem a felicidade dele, e começou a fazer que todo dia fosse um Natal para ambos.

Vamos tentar fazer como o pai do conto acima, vivendo de forma que todo dia seja um Natal.

Carol – mulheres4estações





domingo, 7 de dezembro de 2014

"10 ENCONTRO"

Para nosso último encontro do ano, escolhemos o texto de Clarissa Pinkola, "Os três cabelos de ouro". 

Ele nos deu oportunidade de falarmos sobre os pesos que carregamos no decorrer da nossa vida, das vezes que deixamos que esses pesos nos tirem a jovialidade interior,tornando nossa alma "velha", sem energia.
Quantas vezes precisamos de colo, acalento, do amor que nos permite abrir os braços para acolher e sermos acolhidos.
Depois da nossa roda de conversa em torno do texto, falamos sobre nossas qualidades, pontuando o que temos de melhor. 


Finalizamos com uma bênção e entregamos uma luminária para cada, simbolizando a energia da luz e da importância de mante -la acessa em nós. 


Eu saúdo a luz que existe em meu ser. 
Permito que ela rompa o silêncio da noite escura dos meus pensamentos e emoções 
e passe a iluminar minha alma e me direcionar no caminho amoroso da minha existência.